Comentar
Publicado por Blog do Corretor

'Não fossem meus pais, estaria passando necessidade'!

'Não fossem meus pais, estaria passando necessidade'!


Hoje, aos 29 anos de idade, tenho dois filhos lindos: Guilherme e Eduardo, cinco anos e quatro anos, respectivamente. Trabalho na área de seguros há quase uma década. Gosto muito dessa área e gosto mais ainda do que faço.



Comecei em uma empresa terceirizada da Bradesco Seguros, a Address Logística e Serviços, à época localizada no prédio da Seguradora no centro de São Paulo onde eu atuava de forma polivalente: Controle de Armazenamento e Validade, Organização de Documentos, Logística e Distribuição de Documentações, etc.



O meu bom desempenho chamou a atenção dos meus diretores e logo fui efetivado na Bradesco Seguros onde atuei com o Saúde especificamente nas áreas de análise de implantação, inclusão, exclusão, faturamentos e em pouco tempo conquistei a confiança de meus superiores. Afinal, não é qualquer funcionário que leva a chave do departamento em que trabalha para sua residência.



Em seguida, aceitei o convite de meu gerente para atuar em Santo André, pois, além de ser mais próximo de minha residência, havia a necessidade de um profissional dedicado para organizar aquela filial. Lá fui treinado especialmente por Roseli dos Reis, então, minha chefe a quem sou muito agradecido por tudo o que ela me ensinou.



Após um ano, a filial, antes abarrotada de processos pendentes, estava agora organizada e em excelente funcionamento e logo vieram as promessas de promoção.



Mas o mercado mudou e meus planos também.



Imaturo e sonhador, fui enfeitiçado pelo canto da sereia e, insensível aos apelos de minha gerente, Roseli dos Reis, aceitei o convite de um amigo para montar uma sociedade na área de transporte.



Investi no meu sonho, entrei de cabeça no projeto e tudo ia muito bem até o dia em que a empresa, na qual estava a nossa frota, fora comprada pela Tegma, responsável pelo cancelamento de todos os contratos terceirizados.



Foi-se embora a minha frota; e com ela o meu sonho de pequeno empreendedor. Ficaram a frustração, as contas a pagar e a responsabilidade de criar dois filhos menores.



Por intermédio de um amigo, fui convidado a trabalhar na Índico Corretora de Seguros, hoje, Brasil Insurance, onde atuei como Analista de Seguros Sênior. Mas o meu desejo era voltar a atuar na área comercial. Sem o convite para atuar nessa área com a qual me identifico, preferi abrir mão do emprego.



Com o surgimento da Caixa Seguradora, fui convidado a assumir uma das vagas de assistente comercial em outubro (2016) e mais uma vez, em razão de minha polivalência, mereci destaque ao lado de outros colegas.



Com a inauguração de uma nova sede da Caixa, no centro de São Paulo, onde passamos a atender os corretores, uma nova promessa de promoção estava a caminho quando, no dia 20 de janeiro, após uma reunião extraordinária tudo mudou.



A crise havia atingido o coração da empresa e esta necessitava daquilo que eles chamam de “reestruturação”.  Cinquenta funcionários foram despedidos, entre eles este pai, que lamentou profundamente a perda do emprego e de todos os seus benefícios.



Hoje, estou desempregado e, até uma entrevista, está difícil de realizar.



Não fosse o apoio de meus pais, que têm poucas condições, estaria passando fome.



Preciso de um emprego urgente!



Quero muito retornar ao mercado de trabalho. De preferência, na área de seguros, que é a “minha praia”. Poderia apenas disponibilizar o meu currículo aqui no Blog, como está. Mas eu quis fazer este apelo em forma de desabafo. 



Estarei, a partir desta publicação no Blog do Corretor, na expectativa de um contato através do qual, venha também um convite para fazer o que mais gosto: trabalhar!



Muito obrigado,



Rafael Alan Casagrande



Telefone: (11) 2324-8034 - Celular (11) 9-6530-0135

E-mail: rafa.casagrande@outlook.com



 


Leia também

15 comentários
Comentar
Vanessa

Como existem pessoas insensíveis á situação dos outros. O babaca aí que comentou esses absurdos deve ser mais um desses coxinhas que vive numa redoma onde só o umbigo dele que interessa. Acorda pra vida.... milhares de brasileiros estão na mesma situação que ele, não porque são acomodados e estão esperando emprego cair do céu.... não existem oportunidades de emprego.... vc no mínimo deve ser mais um empresário de merda que oferece uma péssima qualidade de trabalho as pessoas, se aproveitando da situação do país pra tirar proveito da situação.

Mauro Blazio

Tive a grande honra e oportunidade de trabalhar com esse excelente profissional por um tempo.
Me ensinou quase tudo que eu sei e sou eternamente grato a ele, devida a correria acabamos perdendo contato e fico muito triste em saber o que está se passando com ele.
Espero em Deus que ele arrume uma oportunidade para poder manter sua família, pois ele é uma pessoa muito boa e super humilde.
Boa Sorte Rafa
Forte abraço
Mauro

uau

COMENTÁRIO REMOVIDO

quem muito

quem muito mostra o rego, uma hora dança.
chega de choro, chega de nhem nhem nhem... se tu é bom, abre um código em uma corretora boa e vai vender mermão... sentado e passando fome é que não vai chegar a lugar algum.
Todo mundo que ser supervisor... quero ver se guenta uma semana como vendedor. Usar o blog para expor seu curriculum demonstra que ainda nao esta pronto pra nada... ou achas que alguem vai te contatar depois de um relato tão sombrio e pé frio. Pule menos de galho em galho, fique um, dois, três anos na mesma empresa e quem sabe um dia eu te contrato.

MOBRAL

Espero que o Rafael não seja analfabeto como esses vendedores de
pranos de saúde.

Celso Teixeira

Rafael,
Desejo sucesso na sua recolocação no mercado de trabalho... com muita fé tudo vai dar certo! Infelizmente devido ao governo anterior que insistia em dizer a crise era apenas uma marolinha, o país atravessa uma crise sem precedentes...
Mas o brasileiro não desiste nunca e com muita luta e batalha, poderemos ressurgir e fazer o país crescer novamente!
Mas saibam que não será da noite para o dia esta mudança e semente da esperança e confiança tem que ser plantada hoje, regada dia a dia com dedicação e amor para que renda frutos para todos nós!

Rock o Lutador

Alan

boa sorte Menino As portas irao se Abrir com Certeza

abs

Cristina Maziero Casagrande

Tenho orgulho de ser a sua mãe, sempre foi um bom filho e agora um bom pai e chefe de família,sei que Deus vai abrir uma porta e que vc vai longe,pela sua capacidade e inteligência e sua honestidade!!

Aldo Júnior

Clareza e transparência em um desabafo honesto. Deus tem um plano para você, jovem. Até sexta seu celular irá tocar com notícias boas.

Conde Felipe

Enquanto isso, Sarney briga na justiça para receber a aposentadoria integral de quase oitenta mil reais. Surreal.

Zé Kri Kri

Triste realidade desse desgoverno de temer. Há quase um ano e esses vigaristas só levam o país para o fundo do poço. Golpistas ladrões.

Pitoco

Parabéns, Alan, pela coragem e pela criatividade.

Josivaldo Ferreira de Amorim

Depois dessa, acho que vai chover imprego pro rapaz.

Corretora desempregada

Eu sei bem o que é isso.

Maria Auxiliadora de Jesus

Fiquei emocionada com a história do Alan. Gostaria muito de poder empregar ele se eu tivesse uma empresa. Boa sorte, colega. Também sou da ária pois sou corretora. Felicidades.

Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.