fechar
Comentar
Publicado por Emmanuel Ramos de Castro

Operação Doutor House autua clínicas e hospitais particulares


Rio - Fiscais do Procon Estadual, iniciaram nesta segunda-feira a Operação Doutor House, com o objetivo de vistoriar hospitais e clínicas particulares. A fiscalização foi realizada em três estabelecimentos no Rio de Janeiro e em Niterói. Todos apresentaram irregularidades e foram autuados.



Em dois hospitais da Unimed-Rio vistoriados, os fiscais constataram tempo de espera de no mínimo uma hora para atendimento médico, bem como não possuíam um exemplar do Código de Defesa do Consumidor (CDC) para consulta. Além disso, no hospital de Copacabana não havia prioridade de atendimento a partir da identificação do quadro clínico do paciente. Com isso, uma pessoa idosa, por exemplo, não teria atendimento prioritário se possuísse a mesma enfermidade de um paciente mais novo.



No Centro Hospitalar de Niterói, localizado na Rua La Salle, em Niterói, os fiscais constataram a ausência do Livro de Reclamações, contrariando a Lei Estadual n° 6.613, aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) no ano passado, que institui a obrigação de um exemplar do livro nos estabelecimentos comerciais do Estado.



Em nota, o hospital informou que respeita os direitos dos consumidores e dispõe de vários canais de comunicação.



Fonte: O Dia


Leia também

0 comentários
Comentar
Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.